HISTORIANET

Vestibulares

UNESP 2000

1) Sobre o Império Romano, até o século III d.C. é correto afirmar que:

a) O direito à cidadania era exclusivo dos patrícios;
b) As normas jurídicas baseavam-se na ética do cristianismo;
c) À organização política possibilitou a criação da democracia nas cidades estados;
d) O sistema econômico baseava-se na escravidão;
e) A cultura romana exclui a herança do helenismo

Resposta D

2) "Reconheço Ter prendido mercadores de Langres que passavam pelo meu domínio. Arrebatei-lhes as mercadorias e guardei-as até o dia em que o bispo de Langres e o abade de Cluny vieram procurar-me para exigir reparações"
( Castelão do século XI )

O texto apresentado permite afirmar que, na Idade Média:

a) o poder da Igreja era, além de religioso, também temporal.
b) os senhores feudais eram mais poderosos do que a Igreja;
c) o clero era responsável pela distribuição das mercadorias;
d) o conflito entre a Igreja e a nobreza aproximou o clero dos comerciantes;
e) o poder do papa era limitado pelos sacerdotes.

Resposta: A

3) As invasões e dominação de vastas regiões pelos árabes na Península Ibérica provocaram transformações importantes para portugueses e espanhòis, que os diferenciaram do restante da Europa medieval. As influências dos àrabes, na região, relacionaram-se a:

a) acordos comerciais entre cristãos e mouros, a fim de favorecer a utilização das rotas de navegação marítima em torno dos continentes africano e asiático, para obter produtos e especiarias.
b) conflitos entre cristãos e muçulmanos, que facilitaram a centralização da monarquia da Espanha e Portugal, sem necessitar do apoio da burguesia para efetivar as grandes navegações oceânicas.
c) difusão das idéias que ocasionaram a criação da Companhia de Jesus, responsável pela catequese nas terras americanas e africanas conquistadas através das grandes navegações.
d) acordos entre cristãos e muçulmanos, para facilitar a disseminação das idéias e ciências romanas, fundamentais,para o crescimento comercial e das artes náuticas.
e) contribuições para a cultura científica, possibilitando ampliação de conhecimentos, principalmente na matemática e astronomia, que permitiram criações de técnicas maritimas para o desenvolvimento das navegações oceânicas.

Resposta: E

4) "As tropas inumeráveis de carneiros que se espalham atualmente por toda a Inglaterra, constituidas por animais tão doces, tão sóbrios mas (que) são, no entanto, tão vorazes e ferozes que comem até pessoas e despovoam os campos, as casas e as aldeias. Com efeito, em todas as partes do reino, onde se produzem as mais finas e preciosas lãs, ocorrem, para disputar a terra, os nobres, os ricos, e mesmo os santos abades.
" O texto, extraido do livro A Utopia, de Thomas Morus, publicado em 1516, refere-se:

a) às transformações das áreas rurais inglesas com a criação de carneiros e pastagens, com conseqüente redução de poder econômico dos abades e setores da burguesia.
b) à crise do sistema feudal inglês com a ampliação de pastagens, concentração de propriedades rurais e abandono do campo pelos camponeses.
c) ao êxodo rural que ocorreu com a decadência dos feudos, provocada pela Revolução Industrial e pelo crescimento urbano.
d) à crise do sistema rurai, provocada peios confiitos entre os senhores feudais e reaieza, peia posse das terras mais férteis para plantações e pastagens para criação de carneiros.
e) à intervenção dos burgueses, produtores de lã, na organização das propriedades agrícoias, que passaram a ser disputadas por abades, camponeses e artesãos.

Resposta: B

5) Com a chegada dos europeus no continente americano, a partir do final do século XV, as popuiações indígenas foram praticamente exterminadas. Mas, apesar da vioiência da conquista territoriai, a resistência indígena nas regiões brasileiras sempre existiu, podendo ser identificada:

a) pela organização de quiiombos em áreas distantes do litoral, onde preservaram costumes e tradições.
b) pela aculturação e acordos com os padres jesuítas e de outras ordens reiigiosas nas missões reiigiosas.
c) pela preservação de costumes no processo de coabitação e casamentos, que garantiam a mestiçagem entre brancos e índias.
d) pela união entre as tribos do litoral e do interior contra a organização das missões jesuíticas.
e) por lutas e enfrentamentos diversos, como a Guerra Guaranítica, e fugas para áreas do interior da Amazônia.

Resposta: E

6) "Não queremos destruir a vossa fortuna, mas se não arranjardes maneira de nos dardes trabaiho, não poderemos deixar de atentar contra vós e contra as màquinas. (...) Se ao fim de 8 dias não retirardes as lãs das màquinas para dar trabalho às 500 pessoas que vos batem à porta e para as quais nem sequer vos dignais olhar, não vos espanteis se virdes um levantamento cair sobre vós e sobre as màquinas, de tal modo sofremos, pobres operários, por nòs e pelos nossos filhos. "
(Anúncio anônimo afixado nas ruas de Clermont, França, em 1818) O tipo de manifestação descrita està relacionado

a) ao movimento anarquista.
b) à constituição dos partidos comunistas.
c) às origens dos partidos liberais.
d) à organização dos partidos socialistas.
e) ao movimento ludista.

Resposta: E

7) No contexto da independência política do Brasil de Portugal, é correto afirmar que:

a) no Congresso de Viena, os adversários de Napoleão I tomaram várias decisões a favor do liberalismo.
b) a Revolução Constitucionalista do Porto (1820) defendia a ampliação do poder real.
c) o regresso de D. João vl a Lisboa significou a vitòria da burguesia liberal portuguesa.
d) ao jurar a Constituição de 1824, D. Pedro I aderiu às teses democráticas de Gonçalves Ledo.
e) a abertura dos portos e os tratados de 1810 favoreceram os comerciantes portugueses.

Resposta: C

8) No século XIX, em suas relações com os países da América Latina, marcadas por conflitos de fronteiras, o Brasil

a) aliou-se à Argentina contra os demais interessados na Bacia do Prata.
b) incorporou-se ao Vice-Reinado do Prata, opondo-se à Argentina.
c) assinou, com o Paraguai e a Bolivia, o Tratado da Triplice Aliança.
d) lutou para garantir o acesso de seus navios a Mato Grosso, pelo rio Paraguai.
e) aliou-se à Argentina e ao Uruguai contra os interesses ingleses na Bacia do Prata.

Resposta: D

9) "A Ku-Klux-Klan foi organizada para segurança própria... o povo do Sul se sentia muito inseguro. Havia muitos nortistas vindos para cà (Sul), formando ligas por todo o pais. Os negros estavam se tornando muito insolentes e o povo branco sulista de todo o estado de Tennessee estava bastante alarmado. " (Entrevista de Nathan Bedford Forrest ao Jornal de Cincinnati, Ohio, 1868.) A leitura deste depoimento, feito por um membro da Ku-Klux-Klan, permite entenderque esta organização tinha por objetivo:

a) assegurar os direitos politicos da população branca, pelo voto censitàrio, eliminando as possibilidades de participação dos negros nas eleições.
b) impedir a formação de ligas entre nortistas e negros, que propunham a reforma agrária nas terras do sul dos Estados Unidos.
c) unir os brancos para manter seus privilégios e evitar que os negros, com apoio dos nortistas, tivessem direitos garantidos pelo governo.
d) proteger os brancos das ameaças e massacres dos negros, que criavam empecilhos para o desenvolvimento econômico dos estados sulistas.
e) evitar confrontos com os nortistas, que protegiam os negros quando estes atacavam propriedades rurais dos sulistas brancos.

Resposta: C

10) Dentre as principais mudanças ocorridas no Brasil, durante as três primeiras décadas do século XX, estão:

a) intensificação dos fluxos imigratòrios para o norte e nordeste.
b) predomínio das atividades industriais sobre as agroexportadoras.
c) diminuição das àreas de produção cafeeira.
d) aumento das relações econômicas com os Estados Unidos.
e) substituição do colonato pelas experiências de parceria.

Resposta: D

11) Na década de 1960, houve um ritmo acelerado de crescimento econômico e tecnològico das grandes potências, tanto do mundo capitalista quanto do socialista, com realização de feitos espetaculares, e com forte sentido de propaganda. Ao mesmo tempo, a disputa pela hegemonia mundial, entre os Estados Unidos e a União Soviética, que começara ao final da Segunda Guerra, provocou na Europa e na América episódios marcantes. Exemplificaram estas afirmações:

a) invasão da Nicaràgua por tropas americanas e fabricação de armas nudeares.
b) chegada do homem à Lua e construção do Muro de Berlim.
c) lançamento da primeira nave espacial tripulada e implementação das metas da Doutrina Monroe para a América Latina.
d) uso da bomba atômica pelos norte-americanos em Hiroshima e invasão da Checoslováquia pela URSS.
e) corrida espacial e intervenção norte-americana no lraque.

Resposta: B

12) Juscelino Kubitschek (1956-19601 se propôs a fazer o Brasil crescer "cinqüenta anos em cinco". Para tanto, fazia parte do Plano de Metas do seu governo:

a) consolidar as atividades industriais no país, nacionalizando as companhias de energia e transporte.
b) construir Brasília para facilitar o acesso às plantações de algodão e àreas de mineração do Brasil central.
c) investir no setor de energia, transporte e indústria de base, concedendo vantagens aos investidores estrangeiros.
d) ligar o Brasil central, através de ferrovias, às regiões norte e nordeste, para integrá-las ao mercado interno.
e) executar projetos que reforçassem a participação do setor agroexportador na economia brasileira.

Resposta: C

Pesquisar em
1129 conteúdos

Livros

O capitalismo como religião

apresenta um recorrido por ensaios do filósofo Walter Benjamin, organizado e int

Notícias

Série refaz a trajetória de líderes da Segunda Guerra

'Guerras Mundiais', que estreia no History Channel, mostra a participação de Hit

Notícias

Vou passar no ENEM

Acompanhe as orientações e dicas para enfrenar esse desafio

Notícias

Exposição dos Maias

Até dia 24 de Agosto na OCA, no Parque do Ibirapuera em São Paulo

Enquete

Sobre o movimento de 1964 encabeçado pelos militares, você aprendeu:



Desafio Histórico

Sobre a Intifada



COPYRIGHT © HISTÓRIANET INTERNETWORKS LTDA

PRODUZIDO POR

SOBRE O HISTORIANET