HISTORIANET

Mapas

Os Impérios Mesopotâmicos



O principal rei das dinastias amorritas foi Hamurabi, que unificou as cidades mesopotâmicas sob forte centralização e expandiu seu domínio, ocupando uma região semelhante à aquela que pertencera aos acádios. Formou-se o Primeiro Império Babilônico, caracterizado pelo despotismo teocrático, tendo Marduque como deus mais importante.
Durante o reinado de Hamurabi (2067 -- 2025 a.C.) o comércio, a vida urbana e a organização do Estado conheceram grande desenvolvimento, destacando-se a elaboração de complexo código de leis, o mais antigo código conhecido, e onde encontramos dispositivos relativos a todos os aspectos da vida social. Uma das características que mais chamam a atenção é a relação entre delito e pena, baseada na Lei de Talião "Olho por olho, dente por dente", porém variando sua aplicação para indivíduos de camadas sociais distintas.




Denomina-se assírios os povos que viviam ao norte da Mesopotâmia, próximos a cidade de Assur. Esses povos praticavam uma pequena agricultura, dedicavam-se à criação de animais e à caça. Essa região próxima as montanhas, possuía jazidas de cobre e ferro, possibilitando aos Assírios o desenvolvimento de armas e o início de uma política de conquistas, a partir do século VIII a.C.. As conquistas permitiram o desenvolvimento de uma aristocracia militar e de um grupo de sacerdotes, que controlavam as terras e os escravos. A escravização de parte dos povos dominados, a cobrança tributária e o saque, possibilitaram a constante transformação do camponês assírio em soldado, fortalecendo o exército, responsável por novas conquistas.
O Império Assírio englobava a Síria, Palestina e no século VII a.C., o Egito, quando atingiu sua máxima extensão.
Uma das características mais destacadas em relação aos assírios é a violência empregada em relação aos povos conquistados. A tortura era utilizada como tática de dominação, na tentativa de inibir a revolta dos povos conquistados. O Império chegou ao fim em 612 a.C. devido as revoltas internas e às invasões externas de povos nômades da Ásia central. Destaca-se a aliança entre Nabopalasar da Babilônia e Ciáxares, rei da Média.


Mapas retirados do cd-rom Atlas de História Geral, da Editora Ática

Pesquisar em
1128 conteúdos

Notícias

MASP

Passagens por Paris - Arte moderna na capital do séc. XIX

Notícias

Universidades latinas atraem poucos estrangeiros

Instituições têm melhorado sua presença em rankings internacionais, mas continua

Roteiros de Aula

Ninguém tira Zero

Província elimina nota zero para proteger autoestima de alunos

Notícias

França e Alemanha lembram 100 anos da Primeira Guerra

Presidentes Hollande e Gauck homenageiam mortos nas batalhas e destacam importân

COPYRIGHT © HISTÓRIANET INTERNETWORKS LTDA

PRODUZIDO POR

SOBRE O HISTORIANET